Leia o conteúdo desse blog em teu idioma

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Qual a data certa para comemorar o Dia dos Namorados?


No Brasil, este dia é festejado em 12 de junho, véspera do dia dedicado a Santo Antônio, mas em boa parte do mundo o dia nomeado de São Valentim é celebrado em 14 de fevereiro.

Segundo o psicólogo Thiago de Almeida, especialista em relacionamentos amorosos, diz que as origens desta data estão no século IV a.C. onde pessoas faziam a festa romana chamada de Lupercalia, em homenagem ao Deus Lubercus.

Naquela época, o festival que ocorria em fevereiro, servia para a população pedir proteção aos pastores. Também havia um jarro de cerâmica com os nomes das mulheres da região para que os homens pudessem escolher quem seria sua companheira.

Esta festa durou cerca de 800 anos e foi alterado com o surgimento do cristianismo: ao invés dos nomes das moças, a igreja Católica começou a usar nomes dos santos.

O Deus Lubercus também foi trocado, pois era um Deus pagão, portando, impróprio para a ideologia cristã. Em função disso que surgiu a ideia de santificar o presbitério Valentim.

A substituição foi negada por alguns naquela época e o imperador romano Claudius não suportava a ideia de que São Valentim pudesse ser mais popular pregando a existência de apenas um Deus e também achava um desrespeito com os deuses romanos haver um único Deus. Sendo assim, proibiu o casamento para que os soldados não sentissem saudades de casa.

Alguns não concordavam com o imperador: “Os apaixonados encontraram refúgio no presbítero Valentim. Ele havia sido o único no Império que continuava a celebrar casamentos”, conta Almeida.

Quando o imperador descobriu a audácia de Valentim, colocou-o diretamente na prisão. Mesmo atrás das grades continuou a realizar a união dos casais. Isso levou a Claudius a querer decapitá-lo no dia 14 de fevereiro.

Mesmo sendo a data mais reconhecida, há países que comemoram o amor dos casais em ocasiões diferentes. No Brasil, por exemplo, até 1949 não existia data no calendário para festejar o romance.

O dia 12 de junho foi escolhido com base na questão comercial, porque este mês era considerado o mais fraco.

A data foi criada pelo comércio paulista e um publicitário chamado João Dória, ligado à agência Standart Propaganda, lançou a pedido da loja Clipper, uma campanha para melhorar as vendas de junho e com o apoio da Confederação do Comércio de São Paulo, constituiu na mudança do dia de São Valentim para o dia 12 de junho, com o slogan “não é só de beijos que vive o amor”.

As vendas subiram consideravelmente neste mês e a data foi assumida por todo o comércio brasileiro, incentivando a troca de presentes.

Seja em junho ou em fevereiro o amor deve ser celebrado sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Colabore e comente o que achou sobre o texto que você leu. Ao Amor... Sempre!!

Labels