Leia o conteúdo desse blog em teu idioma

sábado, 5 de março de 2011

Boletim da paquera II: O destino dos que esmorecem no jogo da paquera

Sejam de homens para mulheres, sejam de mulheres para homens, ou ainda de homens para homens ou de mulheres para mulheres as pessoas vivem a todo o tempo se testando no jogo da sedução. Faça teus paqueras terem algum trabalho para saírem com você, a fim de te valorizarem. Faça-os virem te buscar, gastar dinheiro com você, atender alguns favores, pare o filme que a pessoa colocou para vocês especialmente assistirem bem no clímax, ou estrague a novela dela, ou o jogo de futebol no domingão ou com os amigos dele. E os que cedem nos primeiros momentos, ao invés de agradar ele se mostram fracos. Nunca demonstre que você gosta de alguém tão rapidamente. Se isso acontecer, irão lhe sugar até o último perdão, até o último centavo. E quando você menos perceber, já estará jogado(a) no fundo no poço, sem dinheiro e sem respeito próprio. Você se sentirá usado(a), traído(a), enganado(a). Vai perceber que tudo o que você viu e ouviu era mentira. Constatará que tudo o que você fez foi em vão. Verificará que tudo o que você disse foi usado contra você. E quem fez isso? A pessoa que você mais amou na vida. Aquela que você colocou em um trono e a serviu. Aquela em que você confiava, respeitava, fazia juras de amor, passava a noite acariciando seus cabelos. A mesma pessoa que acabou com sua vida e com seu saldo bancário. É isso o que você quer para a sua vida?
(Acompanhe o próximo boletim da paquera aqui neste blog. Adquira também o livro: A arte da paquera: inspirações à realização afetiva. - Letras do Brasil)

Um comentário:

  1. Achei o boletim II, pois é a vida tem inúmeras formas de nos ensinar diversas coisas, e essa questão amor, relação, sexo é algo que demanda uma energia e um investimento muito grande ... Para tanto é necessário através de certos aprendizados, identificar quem merece ou nao nosso amor, nas primeiras páginas do livro o psicólogo Thiago Almeida faz uma linda declaração de amor e nela ele diz mais ou menos assim, a vida é muito curta para perdemos correndo atrás de quem nao nos quer ou nao nos merece.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Colabore e comente o que achou sobre o texto que você leu. Ao Amor... Sempre!!

Labels