Leia o conteúdo desse blog em teu idioma

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Boletim da paquera: Se o comprador ganha o leite ele não leva a vaca...

Há muito tempo atrás quando me deparei com a frase: "Se o comprador ganha o leite ele não leva a vaca" eu a achei interessante, embora grotesca, contudo não valorizei sua devida importância para a formação e a consolidação dos relacionamentos, sobretudo, os amorosos. Suponhamos que em uma determinada fazenda o confiante dono ofereça suas vacas de ordenha, aos seus possíveis compradores, pelo prazo de uma semana, sem quaisquer custos. E ao final dessa semana a única condição é devolver a vaca ou o pagamento no valor da vaca adquirida. O que você acha que a pessoa provavelmente devolveria?
Se você acha que é a vaca acertou e o porque disso? Como dono por uma semana do animal, ele provavelmente extrairia todo o leite que pudesse enquanto visitaria outras fazendas e veria outras ofertas. Talvez realmente não encontrasse uma vaca com aquelas características como tem em sua casa? Mas fazer o que? as vacas que poderia encontrar pelo caminho poderiam ser mais baratas e mais baratas podem ser uma opção mais atrativa para esta pessoa. Ao findar de uma semana, sem constrangimento ele provavelmente devolveria a vaquinha com uma desculpa esfarrapada qualquer. Levando este conhecimento para a sua vida, seja você homem ou mulher, você gostaria de ser esta vaca?
 Ao pensarmos no processo de sedução e no perfil do sedutor podemos meditar melhor sobre a destilada sabedoria compartilhada nessa frase que se concentra em um dos simples princípios: (1) seduza sem deixar que ele perceba; (2) aprenda a se valorizar.
            Todos nós temos a capacidade de atrair as pessoas para estabelecer um vínculo afetivo, sexual ou mesmo afetivossexual. No entanto, são poucas as pessoas que têm a consciência desse potencial interior de tal forma que idealizamos a atratividade como um dom divino que contempla poucos afortunados e o restante dos não contemplados não compreende e sequer o comandará. Contudo, se quisermos despertar esse potencial inato devemos desenvolver essas potencialidades muitas vezes latentes em nosso ser.
            Poucos de nós sabem de seu verdadeiro valor por não terem uma adequada auto-estima. Aqui gostaria de fazer uma pequena ressalva porque muitas vezes as pessoas confundem os termos valor e preço. Segundo o dicionário Aurélio “valor” é a qualidade pela qual determinada pessoa ou coisa é estimável em maior ou menor grau; mérito ou merecimento intrínseco; valia. Enquanto, “preço” Quantidade de dinheiro necessária para comprar uma unidade de mercadoria ou serviço. Um costumeiro engano é uma pessoa alguém pressupor que somente porque algo tem um pequeno preço, por extensão, tem um pequenino valor ou pouca qualidade.
            Se queremos seduzir e sermos bons sedutores precisamos ter em mente que a sedução leva tempo. Ninguém se revela, ou pelo menos, deveria se revelar totalmente logo de cara ao aproximar-se de alguma pessoa que lhe interessa. O jogo da sedução é como uma via de mão dupla requer habilidades para se aproximar e se afastar, de ambas as partes. Seduções bem-sucedidas de forma alguma começam com uma manobra óbvia ou algum pretexto pouco estratégico. Os sedutores não se apressam de forma alguma, eles paulatinamente se preocupam em construir uma teia invisível de fascínio e os vínculos afetivos necessários para tornar seus seduzidos mais e mais dependentes de sua presença e ação. Não dá para se queimar etapas. Em contextos românticos ainda vale a pena lembrar que a pressa que é inimiga da perfeição. É hora de virar a mesa expor as suas regras e comunicar o que você espera de seus pretendentes: não responda imediatamente as mensagens de celular e para o teu e-mail que teus paqueras lhe encaminhares, não retorne rapidamente suas ligações, cancele de vez em quando alguns encontros. Mostre disposição de ir embora. Mostre que a grande diretriz da tua vida é o amor ao próximo. Se a pessoa entender as tuas regras ela terá um grande retorno, em caso negativo você vai amar (outro) próximo e fazer a fila andar. Em suma, você oferece teu preço, quem quiser que te compre por te valorizar.
            Assim, uma vez cativos na teia da sedução as pessoas mesmerizadas pelo sedutor sequer perceberão as manipulações que se seguirão. Despertar atração e incitar emoções é o modelo para todas as seduções sejam estas políticas, amorosas, sexuais e de qualquer outra natureza possível. Se acertamos a dosagem da sedução as pessoas não se entendiam do sedutor e fatalmente também não conseguem se afastar deste. Logo, uma sedução impensada e fútil apenas tem a capacidade de colocar nossos parceiros em potencial na defensiva e fazê-los naturalmente se afastar dessa fonte aversiva. E lembrando que o mundo se tornou mais pragmático e as pessoas descartam quase de imediato o que não serve, o que não responde aos seus objetivos, é melhor nos acautelarmos para não estarmos na lista negra de ninguém.
            É inútil tentarmos argumentar contra essa estratégia de conquistar aos poucos, mas garantir cada parte conquistada. Os sedutores enredam as pessoas e desarmam uma a uma de suas defesas. Nesse sentido, a sedução pode ser entendida enquanto um processo de penetração e tem por alvo a mente da parceria em potencial. Uma vez tendo penetrado a mente de seus alvos as pessoas naturalmente distorcerão favoravelmente seu parecer a respeito dos sedutores e de todos os comportamentos a ele relacionados. Ao mesmo tempo baixam mais e mais as resistências que antes ofereciam a ele ou a quaisquer outras pessoas, e na confiança dos seduzidos fica aberto um flanco que se comunica diretamente com os comportamentos do sedutor. Por exemplo, quando um homem faz o possível e o impossível para agradar a mulher, o tempo todo, ele é considerado por meio dessas atitudes como sendo inseguro e com falta de personalidade.
(Acompanhe o próximo boletim da paquera aqui neste blog. Adquira também o livro: A arte da paquera: inspirações à realização afetiva. - Letras do Brasil)

3 comentários:

  1. Nossa... se essa for mesmo a arte da sedução. vou seguir a risca e ver se funciona com alguém depois eu comento dizendo se funcionou ou não!

    ResponderExcluir
  2. XAVECO É GOSTÓSO BOM SAUDAVEL!!!! EM SEU LIVRO< DR. THIAGO DE ALMEIDA!!!! ENCONTREI< MIL JEITINHOS E FORMAS SÚTIS, ESPERO COM ESSAS DICAS MARAVILHÓSAS, PRENDER MEU GATASSO..........

    ResponderExcluir
  3. Olha realmente Thiago você para se tornar um bom psicólogo vai ter que piorar muito ... Porque você está excelenteeeeeeeeeeee ... Essa da vaca e do leite eu nao consigo assimilar me ajuda de novo ... Mas nem preciso dizer que sei que é real e funciona ...

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Colabore e comente o que achou sobre o texto que você leu. Ao Amor... Sempre!!

Labels