Leia o conteúdo desse blog em teu idioma

domingo, 22 de agosto de 2010

Como faço para me livrar da minha timidez?

Muitos pacientes e usuários do meu site (http://www.thiagodealmeida.com.br/) me fazem esta pergunta. Não existe uma receita comum que possa ser aplicada em todos os casos, para todas as pessoas, mas me proponho, neste texto, a discutir algumas contribuições para você que tem dificuldades com timidez.
Quer seja para procurarem um novo amor, quer seja para obterem um melhor posto em seu trabalho, ou ainda, para obterem um encaminhamento para lidar com as diversas situações-problemas do seu cotidiano, as pessoas mais cedo ou mais tarde, deparam-se com a questão da timidez. Especificamente, em se tratando de relacionamentos amorosos, sabemos que algumas pessoas com a intenção de se relacionarem amorosamente utilizam uma diversidade maior de estratégias do que outras pessoas. Então, essas pessoas que têm um repertório maior e mais sofisticado obviamente têm maiores possibilidades para iniciarem relacionamentos amorosos e podem, por esse motivo, escolher alguém mais adequado ao seu perfil amoroso. Um relacionamento assim também granjeia uma maior probabilidade de sucesso. Contudo, a cada vez mais, pessoas que se consideram tímidas acorrem aos consultórios na tentativa de se livrar desta dificuldade.

É preciso avaliar o que você considera timidez, e o quanto isso afeta negativamente a sua vida, profissional e relacionamentos. Para que todos estejam falando e pensando sobre o mesmo assunto, compartilho com vocês a melhor definição que eu conheço a respeito deste assunto. A timidez que pode ser definida como a tensão e a inibição em situações sociais e, portanto, vai depender de vários fatores: falta de iniciativa, baixa autoestima, frustração (na vida amorosa e profissional), traumas na infância, dentre outros fatores. Se você se encaixa em algumas dessas alternativas, é bom começar a reagir. É bom saber também que:

(1) Você não é a única a passar por isso;

(2) É bom reavaliar a maneira como encara a si mesmo(a);

(3) Existem parceiros (as) que preferem pessoas menos extrovertidas;

(4) Existem profissões que não precisam ter muito contato com pessoas;

(5) Há pessoas tímidas cercadas de amigos e há pessoas tímidas solitárias.

(6) Não espere perfeição de si mesmo(a).

Muitas vezes o tímido por não saber o que fazer inveja ou tenta copiar a pessoa que identifica como extrovertida. Se você costuma agir assim, saiba que o melhor que tem a fazer é se assumir como você é, tímido (a) mesmo (a). Não superestime este estado achando que você será a última pessoa da face da terra a encontrar um (a) namorado (a). Saiba que as pessoas certas irão se aproximar de você. É uma questão de tempo. Tente não se desesperar. Mais vale você saber o que fala e com quem fala do que tentar um comportamento que não lhe garanta conforto nas relações. Se você se mantiver sereno (a), com o tempo, a timidez dá lugar ao autocontrole. Eu aconselho você a insistir. Conviver mais com o sexo oposto, participar de um voluntariado, ter a iniciativa no contato com os amigos, experimentar lugares e sensações que nunca fez, no seu ritmo, enfim, abri-se ao novo.
Ser uma pessoa extrovertida não significa que, de repente, você vai ter de interagir com todo mundo ou estar presente a cada evento social para o qual você foi convidado (a). Procure como meta conversar com uma pessoa de cada vez. Isso exigirá certo esforço da tua parte, mas garanto: valerá à pena. Você será bem sucedido (a) ser houver confiança em si mesmo (a). Pouco importa se é uma simples afirmação ou pergunta como, por exemplo, "ah, hoje tá frio, né?", ou então, “como você está?”. Não se preocupe se você cometer alguma gafe ao falar, ria do fato, e prossiga com a conversa. Não perca tempo em se condenar quando alguém discordar do assunto que você trouxe, ou ainda, do ponto de vista que você está defendendo. Não leve isso para o lado pessoal e nem acredite que é alguém desinteressante. Lembre-se: as pessoas têm gostos diferentes. Não é nada pessoal. Não tem porque encarar isso como rejeição.
Quando sair nas noites afora não pense que o álcool resolverá o que você mesmo (a) não fez/ faz por você. Um dia, um dos meus colegas de profissão soltou uma pérola infeliz. Ele disse que preferia um tímido assumido a um alcoolista anônimo. Sinceramente, eu preferia que este colega fosse mais tímido.
Caso você realmente se interesse pela pessoa com quem está interagindo, em geral não será difícil arranjar assunto, e encadear um assunto no outro. Aliás, pessoas tímidas são bons ouvintes. Logo, este quesito já é meio caminho andado para elas. Treine suas habilidades e adquira outras também.
Caso você observe muitos prejuízos em sua vida social, o ideal é procurar um (a) terapeuta. Junto com ele (a) você poderá descobrir os motivos que a levam a temer certas situações e antecipar eventos negativos, que fazem com que você se retraia ainda mais, e trabalhar esses motivos, a fim de que você se solte mais em situações de interação ou exposição com as pessoas.
Proponho a você ao final deste texto fazer o teste "Qual é o seu tipo de Timidez?" do site: http://www.thiagodealmeida.com.br/site/testes/timidez/inicio para mais respostas sobre suas dúvidas.
Para você se livrar da sua timidez e obter mais dicas, aconselho comprar o livro: http://www.thiagodealmeida.com.br/site/noticia/18/02/2011-0

13 comentários:

  1. Olá DR. Thiago
    Parabéns pela criação de mais um instrumento online de ajuda e pesquisa para os internautas. Muitas pessoas que necessitam de ajuda, poderão se beneficiar com a leitura de seus textos. Neste texto em especial, quem for tímido poderá contar com dicas esclarecedoras e que podem ajudar a entender/superar suas dificuldades com a timidez.

    L., uma tímida assumida.

    ResponderExcluir
  2. Eu sou tímida, até que estou melhorando mais é muito difícil tem gente que no lugar de ajudar piora tudo.Alías eu deixei minha pergunta no seu site não obtive resposta nem de usuários e de você.bjoss

    ResponderExcluir
  3. Dr. Thiago de Almeida,
    realmente depois de ter lido este texto o considerarei o melhor psicólogo em relacionamentos amorosos de todo o país.
    Arminda, 28a, PE

    ResponderExcluir
  4. Querido... palavras que sempre nos tocam bemmm lá dentro e que nos fazem refletir a respeito de nossos comportamentos amorosos!!! Parabéns e continue nos "ajudando" sempre!!! SUCESSO!!! Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá,Dr.Thiago,adorei seu texto..sou timida e pra piorar sou adolescente..seu texto me fez ver que eu não sou a unica timida do mundo..

    ResponderExcluir
  6. Dr Thiago,
    foi um dos melhores artigos que li sobre timidez. Eu nao sou timida mas comecei uma relaçao recente com um super timido. E gostaria de saber como lidar e poder ajuda lo sem virar "sua psicologa". Gostaria de leva-lo aos poucos para o meu mundo. Eu sou brincalhona e extrovertida e ele serio e timido.
    voce poderia me ajudar qual sera a melhor estratégia?

    ResponderExcluir
  7. sou bem timida mas estou tentando me livrar,há pessoas que debocham de min e ñ me aceitam cm eu sou, nem ir em grupos...fazem piadase vezes que eu grito ñ m suportam é dificil saber o que fazer, adr o seu texto.

    ResponderExcluir
  8. sou bem timida,mais estou lutando contra esse mal em minha vida. pois as vezes eu me desespero em algumas situação desagradavel,mais estou tentando superar esse mal,adorei seu texto.

    ResponderExcluir
  9. SOU BEM TIMIDA TAMBÉM .VI DEPOIMENTOS DE PESSOAS QUE DIZ QUE TEM POUCOS AMIGO + EU NAO TENHO NENHUM É TRISTE ISSO !!
    MORO SOZINHA E ISSO AINDA PIORA AS COISAS !!

    ResponderExcluir
  10. Dr. Tiago,
    Admiro sua tentativa de ajudar os tímidos, mas não é tão fácil colocar as palavras em prática. Principalmente em casos crônicos. Eu sempre fui tímida, ao ponto de não sair e viver trancafiada no meu mundo vazio. Ler um livro por dia, nunca me relacionei com ninguém. Há um ano mudei de cidade porque comecei o curso superior, agora tenho alguns amigos. Mas mesmo assim, tenho grandes dificuldades em me relacionar, me concentrar nos estudos, encontrar um rumo!! Também falta coragem de assumir isso para meus pais, procurar um terapeuta. Minhã mãe simplesmente não acredita em problemas pscicológicos, pra ela é frescura! :/

    ResponderExcluir
  11. Obrigada. Gostei de ler o seu texto.

    ResponderExcluir
  12. sou muito timida e gostaria de encontrar pessoas timidas para trocar experiencias e amizade ... https://www.facebook.com/kessy.silva.796

    ResponderExcluir
  13. sou bem timido,acho esse teexo vai me ajudar bastante,eu até estou melhorando,estou aprendendo a lidar com a timides mais e muito dificil,quando saiu pra alguma balada nem sei pra onde olhar fico tenso entende???

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Colabore e comente o que achou sobre o texto que você leu. Ao Amor... Sempre!!

Labels