Leia o conteúdo desse blog em teu idioma

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Saiba se deve tomar iniciativa de ligar ou não

Você pode tomar um baita fora ou ser surpreendida com uma voz doce do outro lado. Então, saiba quais são os riscos para tomar a decisão de ligar ou não


É aquela história: você conheceu  um gatinho na balada no sábado, rolou aquele clima, vocês ficaram e trocaram telefones. Perfeito, não é? Mas já é segunda-feira e ele não liga. O que fazer? Segundo Thiago de Almeida, psicólogo especialista em dificuldades dos relacionamentos amorosos, a mulher pode até ligar, mas deve saber que está correndo alguns riscos. Isso porque, segundo ele, algmas questões – até biológicas – que envolvem o jogo da conquista entre homens e mulheres falam mais alto neste momento. “É a regra clássica: a natureza detesta vácuo. Se o cara não liga, você vai ligar pra ele. Mas isso nem sempre é bom”, comenta. Com a ajuda do especialista, listamos cinco situações e os riscos que você pode correr ao ligar ou não. Depois, é com você.

1. Sim, ele está esperando pela sua ligação
Tem cara que já dá a dica: “liga para mim”.  Não entendeu a mensagem? Quando ele dá o telefone dele e não pede o seu é sinal verde para que a mulher entre em contato. Ou quando ele avisa você previamente “me liga porque eu não tenho créditos no celular”, é sinal de que você pode ligar com segurança. O caminho está livre e você não vai parecer nem um pouco oferecida. 

2. Fique atenta aos sinais
De acordo com Thiago de Almeida, as mulheres devem estar atenta aos sinais que os homens dão. Nem sempre (ou quase nunca) ele vai ser direto com você. É da natureza masculina a arte da conquista, mas esses conceitos já estão sendo relativizados segundo o especialista. Preste atenção aos recados que o garoto manda. O psicólogo pondera: “se mandou sete recados no Facebook num dia e ele mandou apenas dois, tem algo estranho, não tem? ”. E ele completa: “verificar o interesse amoroso por parte do parceiro já é parte do processo de conquista”. Se passaram alguns dias do primeiro encontro arrisque uma ligação. Ou se você ainda não se sente tão segura, mande uma mensagem divertida ou levemente sedutora no celular e espere a resposta. Além de mais seguro, pode ser um jeito legal de aproximar você do seu pretendente.

3. O melhor ataque é a defesa
Já ouviu esse expressão alguma vez? Pois é, essa estratégia vale também para o jogo da conquista. Segundo o especialista em relacionamentos amorosos os homens estão pré-dispostos a fazer o approach, as mulheres estão biologicamente preparadas para receber essa iniciativa e selecionar o que elas querem. Porém, não as regras não são tão claras assim.  “Nenhuma parte é passiva no processo da conquista, todos são ativos”. A dica é jogar a sua parte do jogo com eficiência, sem aparentar estar “ativa” no processo. Se você mandou uma mensagem e ele não te respondeu, fique esperta: ele pode não estar tão interessado em você. 

4. Mas e se…
“E se eu tiver certeza de que ele quer que eu ligue?” Pense de novo. Será que é ele que está tão a fim de você ou será que essa é você tentando se convencer disso? Você mandou mensagem e não recebeu uma resposta, ligou e ele não atendeu. A luz amarela está acesa. Thiago Almeida alerta que, muitas vezes, são as meninas que fantasiam ou idealizam os sinais do garoto quando, na verdade, ele não está demonstrando tanto interesse assim. Nesse caso, cautela.

5. Sai do meu cercadinho
De acordo com Thiago de Almeida um risco que se corre ao ligar é o garoto achar que você está invadindo o espaço dele. “Esse espaço de interação é regulado de acordo com a intimidade. Não é só físico, é psicológico. Você se sente invadido”, diz ao responder o porquê de, às vezes, os caras se afastarem um pouco. Então fica a dica. Se você ligou, mandou mensagem no celular e até agora nada, alerta vermelho total. A chance de você tomar um fora é grande.


Cartola – Agência de Conteúdo
Especial para o Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Colabore e comente o que achou sobre o texto que você leu. Ao Amor... Sempre!!

Labels