Leia o conteúdo desse blog em teu idioma

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

 Enfim só! A vida do homem que decide morar só



O casamento acabou, a vida na casa dos pais não dá mais, dividir AP já não é mais tão legal... Não importam as razões, milhares de homens entre 30 e 44 anos estão morando sós e lidando com as agruras e alegrias de ser ao mesmo tempo dono-de-casa e único morador. Talvez o primeiro grande desafio seja lidar com tarefas que antes eram de responsabilidade da mãe ou da esposa.

Sozinho, o homem tem de dar conta da administração doméstica. Fazer feira, por exemplo, implica em comparar preços, escolher frutas e verduras, estabelecer quantidade de coisas a serem compradas para que não haja desperdícios, ter paciência na fila do caixa e depois, quando chegar em casa, guardar tudo no seu devido lugar, separando o que está mais perto de vencer do que tem maior prazo de validade. Ah, você não sabia desse detalhe caro leitor?









Isso sem falar do controle dos gastos, do quanto consome energia um chuveiro elétrico, um ferro ligado, o valor de uma diarista ou empregada doméstica fixa, enfim, para quem mora só nem tudo são flores. Mas por outro lado também há muitas vantagens e segundo a grande maioria dos homens, a maior de todas é a liberdade. Não ter de dar satisfações, conhecer melhor a si próprio, não ter de seguir regras, a não serem as suas próprias.

Para o paulistano Juliano Goncalves, engenheiro de 36 anos, a escolha de morar sozinho passa pela liberdade de escolhas “gosto de ficar sozinho, de ter as coisas do meu jeito, de ter a liberdade de mudar de idéia instantaneamente sem ter que negociar com alguém essa mudança de planos.”
Poder receber quem quiser a hora que quiser e bagunçar à vontade, porque não terá ninguém pra reclamar da toalha molhada em cima da cama ou das meias e cuecas espalhadas pela casa é para alguns uma boa razão para morar só. O Pernambucano Marcos Bonora, representante comercial de 43 anos, também prega o discurso da liberdade por preferir morar só: “paz, liberdade, satisfação zero (risos)”
Brincadeiras à parte, vale lembrar que morar sozinho não é sinônimo de solidão ou de egoísmo como muita gente acha. Receber os amigos em casa para festinhas e bate-papos são atividades freqüentes dos homens que moram só e isso não significa bagunça e coisas espalhadas pelo chão. Morar sozinho não evita algumas relações, sejam com pessoas ou coisas dentro de casa.
HOMEM X EMPREGADA DOMÉSTICA
Um homem que mora só precisa de auxílio. Por mais boa vontade e conhecimentos domésticos que tenha uma diarista é importante e será uma verdadeira “mão na roda”. A relação com essas mulheres que cuidam da casa, mas não são sua mãe nem sua esposa varia de homem pra homem.
Para alguns elas são como “anjos da guarda” e interferem inclusive na vida amorosa do patrão, para outros a interferência maior é somente na casa. Alguns homens até são bem organizados e são capazes de lidar com as tarefas domésticas, mas ainda assim não abrem mão de uma boa ajudante. William Câmara Jr, professor de 35 anos de São Paulo é uma exemplo disso:
“ela limpa a casa, lava e passa roupas, arruma a casa, organiza armários e eventualmente faz compras.
Interfere bastante em casa, embora saiba fazer, confio a ela essas tarefas”
O legal dessa relação é que as empregadas domésticas adoram trabalhar para os homens, pois segundo elas, eles são mais tranqüilos, confiam mais e não ficam procurando pó nos móveis. Senti uma certa crítica a nós mulheres, heín?!
Dependendo da idade, as diaristas ou empregadas domésticas acabam agindo como mães, por isso vale entender que por mais próxima que elas sejam de você, a relação é de trabalho, por isso muita atenção com direitos, deveres e acordos, usar recibos é uma idéia interessante. Vale da dica do advogado pernambucano Ewerton Kleber, 35 “a relação empregada/diarista é extremamente profissional até para poder exigir que façam um serviço bem feito.”
AS 5 DICAS BÁSICAS DA BOA CONVIVÊNCIA COM A EMPREGADA DOMÉSTICA/DIARISTA:
1 - Se você raramente está em casa e nunca vê sua empregada, pratique a comunicação via bilhetes.
2 - Oriente-a, desde o início, sobre como você gosta da organização da sua casa, para não ter de dar ordens consecutivas – coisa que a maioria dos homens não se sente à vontade para fazer.
3 - Nunca permita que sua mãe ou namorada interfira no trabalho da sua empregada. Ela é capaz de enlouquecer ao ver "estranhas" se intrometendo no lar do qual ela é a rainha.
4 - Não se esqueça de deixar a geladeira abastecida. Você pode não comer em casa. Mas ela come.
5 - Deixar a casa minimamente organizada facilita a limpeza e evita que ela troque suas coisas de lugar.
HOMEM X MÃES
Não adianta, você virou adulto, saiu de casa, da sua antiga com a esposa ou dos seus pais, mas você sempre será o “filhinho da mamãe”, isso implica que ela vai sim querer dar “pitacos” na sua casa nova e você vai ter de lidar com isso da melhor maneira, afinal, é a sua mãe.
Alguns homens costumam pedir um socorro às suas mães logo no começo da vida de morador solitário e elas adoram ajudar. Seja na decoração da casa, na compra de móveis, utensílios ou receitas culinárias como Juliano Goncalves: “Gosto de cozinhar, e a única vez que pedi socorro foi pra tirar uma duvida sobre uma comida da família. Para o resto sei fazer tudo, até barra de calça.”
HOMEM X CÔMODOS
Morar sozinho não é só mudar de endereço, é preciso organizar os espaços, mobiliar (salvo os que moram em flats) e, claro, decorar a seu gosto, afinal agora a casa é toda e só sua.
Sala - O primeiro cômodo da casa, o lugar onde você receberá suas visitas e provavelmente o local de onde surgirá a primeira impressão do seu lar, por isso fique atento à organização. Quanto ao mobiliário básico, sofá, centro, mesa de jantar com 04 cadeiras, uma estante para livros, objetos de decoração e, se for da sua preferência um móvel para a TV, DVD e aparelho de som.
Cozinha - A primeira coisa a pensar é que, a não ser que você seja um eremita, vai receber visitas em casa, sejam familiares ou amigos, por isso nada de ter um utensílio de cada, já existem jogos de jantar, por exemplo, para 04 pessoas, o mínimo necessário. Como é lugar de preparo de alimentos a limpeza e higiene desse local é antes de tudo questão de ordem. Os itens necessários: geladeira, fogão, microondas, copos de vidro, jarras, chaleira, leiteira, jogo de formas, açucareiro, recipientes plásticos com tampas, cafeteira, liquidificador, grill elétrico, saca-rolhas, balde para gelo, aparelho de jantar (pratos), jogo de panelas, travessas, faqueiro, colheres de silicone, tábuas de corte, esponja, detergente, panos de prato e, por fim, um jogo americano. Pra começar tá de bom tamanho.
Quarto - Esse cômodo é talvez o mais especial da sua nova casa. Não só por ser lugar de descanso, mas por ser também um provável ninho de amor. As recomendações, além de mantê-lo limpo e organizado, incluem os itens básicos, como travesseiros, lençóis (de preferência com elástico, mais fácil de manter no lugar e de forrar), colchas (edredons são mais charmosos), almofadas, cortinas e para manter uma temperatura legal, ar-condicionado ou ventilador.
Banheiro - É aqui que o bicho pega se você não tiver alguém que faça as tarefas domésticas. O Banheiro é um lugar de bactérias por todas as partes, por isso a higiene deve ser feita pelo menos a cada 02 dias. Itens que não podem faltar: toalhas de banho e de rosto, sabonete, pasta de dentes, papel higiênico, xampu, escova de dente e de cabelo, pente, fio dental, algodão, cotonetes e não se esqueça de sempre verificar a necessidade de reposição.
Para a limpeza do lugar (e da casa como todo) é fundamental ter: flanelas, álcool em gel, vassouras, água sanitária, alvejante sem cloro, amaciante, baldes, lustra móveis, rodo, aspirador, ferro de passar, tábua de passar, sabão em pedra e sabão em pó.
VANTAGENS X DESVANTAGENS
Segundo Thiago de Almeida, psicólogo e pesquisador do Instituto de Psicologia da USP (Departamento de Psicologia Clínica), os jovens, a partir do momento em que conseguem emprego e têm um salário, preferem ter seu canto.
Uma questão levantada recentemente foi a de homens que moram sozinhos terem a tendência de serem mais egoístas. Thiago, porém, discorda. “Acho que isso depende muito da personalidade de cada homem. Se ele já tiver em sua personalidade esse padrão de humor, um apego exagerado por suas coisas, com certeza, morando sozinho será mais egoísta”, comenta.
O especialista explica que o que pode acontecer é o homem se tornar mais exigente com suas coisas, mas não egoísta. De acordo com o pesquisador, os amigos e o contato com a família fazem com que a pessoa se torne menos egoísta.

“Homens que moram sozinhos nem sempre são mais exigentes quando se casam. Às vezes, os que moram com os pais são mais exigentes porque acabam fazendo comparações entre a mãe e a esposa”, explica. O psicólogo cita alguns pontos negativos e positivos de um homem que mora muito tempo sozinho. “De positivo a independência, liberdade, amigos, deveres e obrigações; de negativo a inconstância, o mau humor, a solidão e as exigências”, finaliza.

Labels